Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
20/03/18 às 21h55 - Atualizado em 14/04/18 às 22h03

Novos agentes prisionais passam por última etapa da formação

 

Duzentos agentes de atividades penitenciárias, nomeados em novembro de 2017, estão sendo treinados para realizar escoltas e intervenções em presídios

 

Vivian Azeredo

 

 

Cem agentes de atividades penitenciárias, nomeados em novembro do ano passado, terminam nesta sexta-feira (16) um curso sobre técnicas de armamento e procedimentos promovido pela Subsecretaria do Sistema Penitenciário (Sesipe). Eles fazem parte dos duzentos concursados que tomaram posse recentemente.

O treinamento, teórico e prático, é a última etapa do curso de formação, iniciado em agosto passado. Embora ainda estejam em fase de capacitação, os novos agentes já estão atuando no sistema prisional na parte administrativa.

Após o curso, eles estarão aptos a realizar escoltas de custodiados a locais externos, como cartórios e audiências judiciais, além de utilizar armamentos e spray de pimenta, por exemplo, caso seja necessário durante distúrbios.

Para o subsecretário do Sistema Penitenciário, Osmar Mendonça, o curso fecha um ciclo importante para que os agente estejam aptos a exercerem as funções com segurança. “Esse é o coroamento da carreira. A partir de agora os agentes estarão em plenas condições de desempenhar todas as atribuições do cargo dentro e fora das unidades prisionais”.

As técnicas estão sendo aplicadas por quatorze instrutores do Departamento de Operações Especiais (DPOE) e Escola Penitenciária (Epen), ambos da Subsecretaria do Sistema Penitenciário, e da Polícia Civil. As aulas ocorrem no Complexo Penitenciário da Papuda.

Os outros cem recém-empossados no concurso de atividades penitenciárias farão o mesmo curso a partir da próxima quarta-feira (21), com duração de um mês.

 

Duzentos agentes de atividades penitenciárias, nomeados em novembro de 2017, estão sendo treinados para realizar escoltas e intervenções em presídios

Cem agentes de atividades penitenciárias, nomeados em novembro do ano passado, terminam nesta sexta-feira (16) um curso sobre técnicas de armamento e procedimentos promovido pela Subsecretaria do Sistema Penitenciário (Sesipe). Eles fazem parte dos duzentos concursados que tomaram posse recentemente.

O treinamento, teórico e prático, é a última etapa do curso de formação, iniciado em agosto passado. Embora ainda estejam em fase de capacitação, os novos agentes já estão atuando no sistema prisional na parte administrativa.

Após o curso, eles estarão aptos a realizar escoltas de custodiados a locais externos, como cartórios e audiências judiciais, além de utilizar armamentos e spray de pimenta, por exemplo, caso seja necessário durante distúrbios.

Para o subsecretário do Sistema Penitenciário, Osmar Mendonça, o curso fecha um ciclo importante para que os agente estejam aptos a exercerem as funções com segurança. “Esse é o coroamento da carreira. A partir de agora os agentes estarão em plenas condições de desempenhar todas as atribuições do cargo dentro e fora das unidades prisionais”.

As técnicas estão sendo aplicadas por quatorze instrutores do Departamento de Operações Especiais (DPOE) e Escola Penitenciária (Epen), ambos da Subsecretaria do Sistema Penitenciário, e da Polícia Civil. As aulas ocorrem no Complexo Penitenciário da Papuda.

Os outros cem recém-empossados no concurso de atividades penitenciárias farão o mesmo curso a partir da próxima quarta-feira (21), com duração de um mês.

Subsecretaria do Sistema Penitenciário do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

SESIPE

Subsecretaria do Sistema Penitenciário – SESIPE SIA Trecho 3, Lotes 1379/80 - CEP: 71.200-032 Telefone: 3234-6406 | E-mail comunicasesipe@gmail.com